Mandela, Templário ou Grau 33º ?

mandela knigt templar

Mandela, Templário ou Grau 33º ?

Nelson Rolihlahla Mandela advogado e líder rebelde da África do Sul morreu. O prémio Nobel da Paz deixou de cintilar no firmamento terreno.  Dele ficam feitos que só são pertença de homens bons, humildes de carácter  e determinação invulgares.

Muito se especula quando figuras públicas conhecidas pela sua relevância politica ou social, na defesa dos direitos humanos, marcam os acontecimentos e os destinos da humanidade.  Aqui se insere Nelson Mandela  à semelhança de  Luther King, uma figura carismática cujo percurso de vida se pauta pela defesa e luta dos direitos elementares de (todos os homens).

Neste pressuposto e baseando-nos nos princípios da Fraternidade que  apregoava, da Liberdade que reivindicava e da Igualdade que defendeu, fácil é colocá-lo sob a divisa Templária ou Maçónica,  ou como vai sendo habitual envolvendo-o em teorias conspiratórias.  Das poucas imagens que  circulam e  me mereceu especial atenção foi a que segue sem que contudo me mereça  a menor credibilidade.  Mas voltando  à questão de fundo, não encontrei da parte de qualquer das organização maçónica uma  referência à partida de Madiba, como homem,  como Maçon ou Templário, nem tampouco  comunicações sentidas de pesar.
A própria “Ordine di Malta” a que supostamente a imagem nos remete, não faz qualquer comunicação oficial a este respeito.
A este propósito nunca será demais lembrar que   um Maçon não se faz, Nasce-se.  Este parece ser o caso e Nelson Mandela.
Homem livre e iluminado, de bons costumes, iniciado nos segredos de uma ordem superior, nas circunstâncias de um mundo imperfeito.

Bottelho

http://wikilusa.com/wiki/Nelson_Mandela

Advertisements