“Sextas Arte Real” no Museu Maçónico Português

Convite 

Arte Real  - Poster No dia 27 de Setembro de 2013, pelas 18.30H, na Sala Magalhães de Lima, do Palácio Maçónico, o Museu Maçónico Português realiza, no âmbito do ciclo Sextas da Arte Real, a conferência/debate As Origens da Franco-Maçonaria de 1717, a apresentar pelo Prof. Doutor José Manuel Anes, seguida da projecção do vídeo, “The Scottish Key”. 

Nesta conferência será analisada a criação da Grande Loja de Londres e Westminster, em 24 de Julho de 1717, em reunião havida em Londres, na “Taberna”  Goose and Gridiron, onde as 4 Lojas desta cidade, Goose and Gridiron (O ganso e a grelha), Queen’s head (A cabeça da Rainha), Apple Tree (A macieira) e a Rummer and grapes (O copo e as uvas),  decidem constituir uma Grande Loja pro-tempore, iniciando as bases do que virá ser a actual Maçonaria, elegendo como Grão-Mestre Anthony Sayer e como  Grande Vigilantes o capitão Joseph Elliot e o carpinteiro Jacob  Lambal.

Serão analisadas entre outras questões

·        – as diversas influências de pensamento e prática emergentes nesta época em Inglaterra

·         – o contexto histórico da sua criação

·         – a importância da Revolução Científica em Inglaterra e a emergência do experimentalismo científico

·         o contributo do Invisible College e da Royal Society

·         a publicação da “Carta Sobre a Tolerância”, de John Locke, em 1689, retendo a influência do modelo de funcionamento das suas tertúlias/associações (frequentadas por Isaac Newton) na afirmação dos novos valores e práticas da Maçonaria de então

·         a influência do pensamento e práticas dos templários e rosacruzes

·         a Maçonaria Operativa Escocesa e os Estatutos de Schaw

·         as principais personagens na emergência da Nova Maçonaria

·         a evolução (!?!) da Franco-Maçonaria-Operativa para a Franco-Maçonaria Especulativa

·         a evolução da Grande Loja de Londres e Westminster nas suas primeira décadas

·         fontes históricas, desde a formação da Grande Loja de Londres e Westminster, até 1738 (publicação do “Massonry Dissected” de Samuel Prichard).

Fernando Castel-Branco Sacramento

Advertisements