GOL no Convent da GLDF

.

O Grande Oriente Lusitano esteve representado no encerramento no Convent da Grande Loja de França, em  16 de Junho 2012 em Paris.

Reivindicando-se como continuadora das primeiras Lojas parisienses, no século XVIII, a atual estrutura da Grande Loja de França remonta a 1894, afirmando-se como uma das principais Obediências mundiais na prática do Rito Escocês Antigo e Aceito.  A presença do Grande Oriente Lusitano foi assegurada pelo Grão-Mestre e pelo Grande Secretário Geral.

Liga-nos à Grande Loja de França um Tratado de Amizade assinado em 7 de novembro de 1979 pelo então Grão-Mestre do GOL Dias Amado,  sendo Presidente do Conselho da Ordem o Irmão Simões Coimbra.  Pela parte francesa assinaram este tratado Michel Just, Grão-Mestre, e André Levi, Grande Chanceler.

Nesta sessão de encerramento do Convent destaque para o discurso do orador, centrado na regularidade maçónica, ao qual se seguiram as intervenções de todos os representantes das delegações presentes.

No seu discurso, o Grão-Mestre do GOL enfatizou a História da nossa Obediência e as suas características, ao mesmo tempo que sublinhou a importância de a Maçonaria ser um espaço de Liberdade, baseado em valores humanistas e espirituais, que permitem integrar pessoas de todas as origens, situações sociais, religiões e filosofias, recorrendo ao método de cada um se construir e melhorar a si próprio e ao mesmo tempo agir na sociedade.

A sessão terminou com o dircurso do novo Grão-Mestre que destacou a importância da iniciação e a responsabilidade em conservar a brancura do avental e das luvas, em todas as Obediências e em todos os ritos.

Sítio Web da Grande Loja de França

Advertisements